CATEDRAL DE GARANHUNS VIVÊNCIA A 233 FESTA DE SANTO ANTÔNIO
Crédito da foto - Pascom da Catedral de Santo Antônio
 

De 1 a 13 de junho foi realizada a tradicional Trezena de Santo Antônio, padroeiro da Cidade das Flores. A 233 edição da festa teve o tema “A caridade é a alma da fé, torna-a viva. Sem o amor a fé esmorece”. 

A abertura das festividades se deu com a recitação do terço antoniano, da Trezena de Santo Antônio e em seguida a Celebração da Santa Missa, presidida pelo Bispo Emérito de Caruaru Dom Bernardinho Marchió e a programação contou também com apresentações culturais, que se estendeu durante todo o trezenário. 

Foram dias de programação especial e voltada para a ação de graças a Deus, além de refletir sobre o exemplo de vida de Santo Antônio. 

Durante as treze noites o pároco Pe. Josenildo Bizerra e o Vigário paroquial Pe. Marcos André receberam padres das paróquias vizinhas, que presidiram as celebrações das missas. 

Entre os noiteiros da Trezena estiveram presentes paróquias da Diocese de Garanhuns, movimentos, pastorais e serviços, religiosos, namorados e casais, poderes executivo, legislativo e judiciário, entre outros. 

No dia 12 de junho, dedicado aos namoradores, houve a bênção e o corte do tradicional bolo de Santo Antônio. Aproximadamente 500 medalhas do santo foram espalhadas dentro do bolo. 

Na manhã do dia 13 de junho, dia dedicado ao padroeiro, houve a bênção e distribuição dos pães de Santo Antônio. Já a tarde no encerramento foi realizada uma linda procissão pelas principais vias da cidade com a imagem e a relíquia de Santo Antônio e logo em seguida a Solene Celebração Eucarística presidida pelo Pe. Rodrigo Lima. 

Santo Antônio de Pádua, rogai por nós!

 
Indique a um amigo