Diocese de Garanhuns


Legião de Maria de nossa Diocese celebra a solenidade de Acies
Neste dia 25 de março, na Solenidade da Anunciação do Senhor, a Legião de Maria de nossa Diocese celebra a solenidade de Acies, considerada a festa central da Legião. A Paróquia de Santa Teresa do Menino Jesus no Magano acolhe nesta tarde do dia 25 os legionários da cidade de Garanhuns e cidades vizinhas para esta celebração, na qual os legionários se consagrarão, individual e coletivamente a Nossa Senhora.     a programação serrá a seguinte:    14h acolhida dos legionários 14:30  Oração do Terço e da Catena em seguida adoração e Benção do Santíssimo Sacramento 15:30 intervalo  16h Santa Missa da Anunciação do Senhor e Renovação das Promessas Legionárias...
Leia mais
São José, padroeiro da Dioce...
A Diocese de Garanhuns, sede vacante, faz festa para seu padroeiro, São José. Hoje procissão luminosa sai do Seminário São José, em direção para catedral, a partir das 19h. Em seguida a solenidade eucarística, presidida pelo Administrador Diocesano, monsenhor Bené, reunirá as paroquias da cidade, Vicariato centro, que pedirão a intercessão do padroeiro diocesano para todo o povo de Deus nesta igreja particular que, em oração, também espera seu novo bispo, conforme o coração do Bom Pastor, Jesus Cristo. Conheça mais sobre a diocese de Garanhuns que também está no advento do seu centenário, 1918 - 2018. A idéia da criação da Diocese de Garanhuns foi do Monsenhor Afonso Pequeno. A idéia teve o acolhimento do então Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra. Ele trabalhou com todo ardor, interesse e carinho, ativando e orientando todo o processo de criação da nova Diocese. Inúmeras vezes esteve em Garanhuns quando da preparação, da instalação e do início da Diocese.   Cônego Benigno Pereira de Lira, pároco de Garanhuns, com assiduidade e interesse dispensou o melhor dos seus esforços, a maior das suas energias, colaborando incessantemente na formação da futura Diocese.   Por encargo do Senhor Arcebispo, o Cônego Lira organizou e ficou à frente da Comissão encarregada do Patrimônio, por exigência da Santa Sé. Foi exausto o trabalho: aquisição da residência episcopal, restauração da velha Matriz, a qual seria elevada às honras de Igreja Catedral e, sobretudo preparação espiritual do povo para receber a grande dádiva de Deus através da Santa Fé.   Em começos de 1918, Dom Leme enviou ao Senhor Núncio Apostólico Dom Jacinto Ângelo Scapardini, o processo a ser enviado à Roma.   A Diocese de Garanhuns foi criada pelo papa Bento XV, através da Bula "Archidioecesís Olindensis et Recifensis", sendo desmembrada da Arquidiocese de Olinda e Recife, aos 02 de agosto de 1918. Por meio desta mesma Bula, foram criadas as Dioceses de Nazaré da Mata e Pesqueira.   Quando da Criação da Diocese, eram em número de 15 as Paróquias. Vejamos: Garanhuns (sede), Águas Belas, Água Preta, Barreiros, Belém de Maria, Bom Conselho, Canhotinho, Catende, Correntes, Lagoa dos Gatos, Palmares, Palmeira, Panelas, Quipapá e São Bento do Una.   Uma das motivações para ser criada a Diocese de Garanhuns, era o vasto território da Arquidiocese de Olinda e Recife, que abrangia toda a região Nordeste, a partir do Rio São Francisco. Veio em momento oportuno, considerando-se a expansão de toda a região.   Atualmente, a Diocese, localizada no Centro-Sul Oriental do Estado de Pernambuco, no Agreste Meridional, compreende 26 Municípios, assim distribuidos: dois na Zona da Mata (Quipapá e São Benedito do Sul), dois no Sertão (Águas Belas e Itaíba) e vinte e dois no Agreste (Garanhuns, Caetés, Capoeiras, Paranatama, Saloá, Bom Conselho, Lagoa do Ouro, Correntes, Brejão, Teresinha, Iati, São Bento do Una, Jurema, Calçado, Jupi, Jucati, Lajedo, Panelas, São João, Palmerina, Canhotinho e Angelim).   Limita-se ao norte com as Dioceses de Pesqueira e Caruaru; ao sul com a Diocese de Palmeira dos Índios e a Arquidiocese de Maceió; a leste, com a Diocese de Palmares; a oeste, com as Dioceses de Floresta e Palmeira dos Índios....
Leia mais
Monsenhor Bené, administrador...
Aconteceu neste domingo (22) a acolhida do novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda eRecife, dom Antônio Tourinho Neto, 50 anos. A apresentação do religioso aos fiéis aconteceu na Basílica do Sagrado Coração de Jesus, no bairro da Boa Vista, área central da capital. "É com imensa alegria e confiando no amor vencedor de Deus, revelado em seu filho Jesus Cristo, que aceitei o convite do Santo Padre, o Papa Francisco, quando me escolheu e me enviou para ser bispo auxiliar nesta tão importante arquidiocese pernambucana. Confesso que fiquei impactado diante da estatística de mais de 4 milhões de pessoas, nesta circunscrição eclesiástica. Humanamente, parece ser um desafio assustador, porém, confiando no Deus que chama e confere a graça, é preciso, como os discípulos, obedecer ao Mestre e fazer ao largo, avançando para águas mais profundas", disse dom Antônio. Dom Antônio falou sobre suas metas para o trabalho em Pernambuco. "Durante alguns dias de descanso pós-sagração, dediquei-me a estudar o plano de pastoral da arquidiocese. Fiquei encantado com as metas de evangelização desta igreja, sendo o último a chegar, peço a Deus sabedoria e prudência, como também humildade, para escutar mais e aprender muito com os empenhados nesse contexto eclesial", comentou.A cerimônia da acolhida foi celebrada pelo arcebispo, dom Fernando Saburido. Seminaristas, sacerdotes, religiosos e autoridades civis também participaram da celebração, bem como familiares e fiéis da diocese de Jequié (BA), da qual dom Antônio fazia parte. O bispo de Jequié, dom José Ruy Gonçalves Lopes, também compareceu, bem como o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). A nomeação de dom Antônio Tourinho Neto foi confirmada pelo Papa Francisco no dia 12 de novembro, em publicação no L'Osservatore Romano. A arquidiocese de Olinda e Recife é formada por 19 municípios, além do arquipélago de Fernando de Noronha. Compõem a região eclesiástica 116 paróquias e uma população de fiéis estimada em 4 milhões de habitantes. Formado em nível técnico em ciências contábeis, em 1982, o religioso ingressou no Seminário Central da Bahia, onde cursou bacharelado em filosofia. Os estudos teológicos foram concluídos no Instituto de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Dom antônio foi ordenado padre em janeiro de 1990....
Leia mais
Um dia para o Senhor Jesus. Ca...
Com a solenidade de São José, na catedral diocesana, é também iniciado um dia de vigília e oração diante de Jesus Sacramentado. A abertura acontece com a recitação do terço, a partir das 18h de hoje, no Seminário São José. Após a santa missa, padres se revezam no atendimento dos fiéis para a confissão e nas celebrações da santa missa durante toda o dia da sexta, dia 20. ...
Leia mais
Pastoral do dízimo promove re...
Nos dias 14 e 15 de março, a coordenação diocesana da pastoral do dízimo reuniu agentes da pastoral, representantes das paróquias, no retiro anual, no período da quaresma. Quase 50 pessoas rezaram e refletiram sobre a missão na pastoral a partir da Exortação Apostólica, A Alegria do Evangelho, do papa Francisco. Todos os participantes durante os dois dias, foram motivados pelo padre Francisco, redentorista, pároco da Perpétuo Socorro. Para relembrar a missão desta pastoral: ESTRATÉGIAS DA PASTORAL DIOCESANA DO DÍZIMO: Potencializar a Pastoral do Dízimo em todas as Paróquias e Comunidades; Conscientizar os católicos sobre o sentido do dízimo com expressão de partilha; Formar Equipes da Pastoral do Dízimo em todas as Paróquias e Comunidades; Refletir com o Clero sobre a necessidade de priorizar o Dízimo como a principal fonte de sustentação financeira na Paróquia e Diocese; Realização do mês diocesano da Bíblia e do Dízimo sempre no mês de setembro; Oferecer momentos de retiro e espiritualidade para as Equipes Paroquiais do Dízimo; Realizar o 1º Congresso Diocesano da Pastoral do D  ...
Leia mais

LITURGIA

Confira as liturgias escritas pela nossa diocese.

AGENDA

Saiba de todos os eventos que ocorrem na diocese.

GALERIA

Confira a galeria de fotos da nossa diocese.

CAMPANHAS

Conheça mais sobre as campanhas da nossa diocese.